Itaú concedeu mais de R$ 5 bi em empréstimos novos para 300 mil clientes

O Itaú concedeu mais de 5 bilhões de reais em novas linhas de crédito para 300.000 clientes e alongou o pagamento de dívidas de 680.000 correntistas, que somam 22 bilhões de reais. Essas iniciativas fazem parte do plano de saúde financeira lançado pelo banco para ajudar os clientes a atravessar o momento mais agudo da crise. “Nosso objetivo é que a parcela caiba no bolso. Por isso, alongamos o pagamento de empréstimos para pessoas físicas para seis anos e para empresas para cinco anos”, afirma André Rodrigues, diretor executivo responsável pelo banco de varejo, em entrevista exclusiva à EXAME.

Além disso, o Itaú participa da iniciativa em conjunto com os demais bancos e o Tesouro Nacional de financiar a folha de pagamento de empresas com faturamento anual entre 360.000 reais e 10 milhões de reais. Nesse caso, o Itaú respondeu por 33% das transações realizadas até o momento, que representaram um desembolso de 496 milhões de reais, que beneficiaram 358.000 funcionários.

“O objetivo era tirar pressão de liquidez das pequenas e médias empresas. O sentimento é de cooperação, de conspirar para que a economia consiga sobreviver ao que está acontecendo. Acho que esse diálogo construtivo continuará”, afirma. Carlos Vanzo, diretor executivo comercial responsável por Itaú Agências, Itaú Uniclass e PMEs, diz que o objetivo não era ter lucro, tanto é que tudo foi feito com taxa de custo. 

Continue lendo

Recomendados

Desenvolvido porInvesting.com
Negócios, Todos

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu