Na Petrobras, semana termina com Silva e Luna eleito para a presidência

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia. 

O novo Conselho de Administração da Petrobras, renovado parcialmente no começo desta semana, se reúne esta sexta-feira, 16, para decidir quem assumirá como novo presidente da companhia.

O indicado do acionista controlador, que é a própria União, é o general Silva e Luna, ex-presidente da Itaipu Binacional, e que faz parte deste novo conselho formado nesta semana. Como é majoritária, e tem sete votos em um total de 11, não há riscos para ele perder a chance de ser ele eleito.

Na prática, a página já foi virada na Petrobras. O último dia do ex-presidente Roberto Castello Branco à frente da companhia foi na segunda-feira (12), quando a assembleia de acionistas retirou seu nome do Conselho de Administração e da presidência.

Desde então, quem está no comando interino da estatal é o atual Diretor Executivo de Exploração e Produção, Carlos Alberto Pereira de Oliveira.

Roberto Castello Branco foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro devido a desgastes na relação dos dois devido à política de preços da Petrobras que acompanha a paridade internacional, o que levou a várias altas na gasolina e no diesel no começo de 2021.

O anúncio de sua saída, em fevereiro, incomodou o mercado financeiro e foi mal visto por analistas do setor de óleo e gás que elogiavam os últimos dois anos da gestão da Petrobras.

Continue lendo

Recomendados

Desenvolvido porInvesting.com
Negócios, Todos

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu