Uber registra prejuízo de 2,9 bilhões de dólares no primeiro trimestre

A Uber divulgou nesta quinta-feira, 7, seu balanço trimestral. A empresa, que teve seu negócio de transporte por aplicativo severamente impactado pela pandemia do novo coronavírus, informou ter tido prejuízo de 2,9 bilhões de dólares, o valor mais alto dos últimos três trimestres. Antes de juros, impostos, depreciação e amortização, o prejuízo foi de 612 milhões de dólares.

Apesar disso, o faturamento da companhia cresceu 14%, impulsionado pelo negócio de delivery de comida Uber Eats. A receita total foi 3,54 bilhões de dólares. Em fevereiro, a empresa planejava ser lucrativa em uma base de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) até o fim deste ano, mas retirou a previsão, citando a incerteza gerada pela pandemia.

No período, a receita da área de transporte por aplicativo, responsável pela maior parte do faturamento da empresa, subiu 2% sobre um ano antes, mas caiu mais de 18% na comparação com o trimestre imediatamente anterior. Em conferência com investidores, o presidente Dara Khosrowshahi disse que há motivos para otimismo, pois o volume de corridas nos mercados afetados pelo coronavírus está aumentando gradativamente na últimas três semanas.

Outra fonte de esperança é o Uber Eats. O faturamento do braço de entrega de comida subiu mais de 11% na base trimestral e o número de pessoas e restaurantes cadastrados na plataforma também aumentou. Khosrowshahi disse que a empresa acredita que essas mudanças culturais podem ser duradouras. Na conferência, o executivo sugeriu que a empresa considera um novo serviço para permitir que empresas enviem pacotes por meio da plataforma da Uber.

Antes da divulgação dos resultados, na última quarta-feira, 6, a companhia anunciou um corte de 3.700 postos de trabalho (14% do quadro de funcionários) e o presidente disse que renunciaria ao seu salário-base de cerca de 1 milhão de dólares até o final de 2020.

Nesta quinta, em contraste com as medidas de redução do dia anterior, a empresa anunciou que estava liderando um aporte de 170 milhões de dólares na startup de patinetes elétricas Lime, que vai assumir esse segmento dentro da Uber.

Continue lendo

Recomendados

Desenvolvido porInvesting.com
Negócios, Todos

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu